Ser-aqui prefácio

Meu lar é aqui


Desde que me lembro morei em muitos lugares. A primeira casa de que me lembro, não era uma casa, era um quarto. Minha mãe alugava um quarto no apartamento da dona Nega. O homem que aprendi a chamar de pai transitava por lá. Aquele quarto era o meu lar, ainda que não fosse a nossa casa.


Depois de lá moramos em uma casa nos fundos de uma outra. A casa era um corredor de aproximadamente uns 10 metros de comprimento por uns 3 de largura, coberta por telhas de barro, sustentadas por caibros e ripas. Este corredor era dividido por duas meia paredes para desenhar três cômodos: quarto, sala e cozinha. Do compartimento destinado à cozinha era retirado um espaço de pouco mais de 1x1 também separado por meia parede usado como banheiro com um chuveiro e um vaso sanitário. Esse corredor dividido por meias paredes era o meu lar.


Por último, nos mudamos para uma casa com quintal, dois quartos, uma sala enorme, uma cozinha respeitável, uma área coberta e um banheiro bem espaçoso. Nossa primeira casa. Tudo girava em torno da minha mãe. Com a sua morte aconteceram dois grandes fenômenos: aquele grupo familiar se desfez e eu não senti mais que tinha um lar.

Hoje, percebo que o meu lar sempre foi a minha mãe. Não foram as muitas moradias em que habitei. Com a sua morte, tentei, sem sucesso encontrar outro "lar" nos braços das mulheres que me amaram. Encontrei aconchego, muito carinho, muito prazer e companheirismo, mas, nunca mais encontrei um lar.

Esta situação me atormentou durante muitos anos. Quando completei 59 anos, acordei e olhei atentamente para o apartamento em que vivo. Pensei enquanto contemplava cada canto: minha casa. Gostei muito do que vi. Gosto de viver aqui. Mas, não é verdadeiramente o meu lar.


Meu lar é onde encontro paz, sossego, proteção.


Meu lar é onde o prazer e a dor de ser habitam.


Meu lar é onde vivo e vivo mesmo é dentro da minha cabeça, onde estão as lembranças, as emoções (boas e ruins) que já vivi e todas as experiências, que fazem com que eu seja eu-mesmo.


Meu lar é AQUI onde me encontro e, como não estou fora de mim, me encontro em mim mesmo. Estou só aqui e só aqui é possível ter paz e ser feliz.


Olùkọ́ Bàbá Ọ̀nà

29 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo